domingo, maio 20, 2012

Rally di Romagna Dia 2


Por muito que queira descrever o que se passou hoje, nunca o irei conseguir…mas vamos por partes. 

A competição

Depois da primeira etapa, começamos a ‘’marcar’’ os adversários e não podemos ceder terreno para eles. O Cristian, Italiano, vencedor de 2011 e que me tinha batido ontem ao sprint era quem eu tinha de marcar. Esta etapa prometia ser animada com 64km e 3 400m D+ anunciados ao longo das encostas dos Alpeninos.  

Logo no inicio ‘’fugi’’ com 3 austríacos, que tentaram tudo para me largar. Era ataque atrás de ataque, ora um ora outro, conversavam na língua deles e tudo que lhes foi possível fazer para me largar fizeram. Sofri bastante porque o meu corpo demora a aquecer, mas consegui sempre responder. Ontem as marcações já tinham sido ‘’menos boas’’, mas hoje então…por volta do km 20 numa longa descida falhamos um desvio, a fita indicava para o lado que seguimos, mas nesse local tinha um corte escondido e então fomos montanha a baixo. Foram 4km a descer a pique em gravilha até chegarmos à conclusão que estávamos perdidos. Eu e mais os três austríacos lá demos a volta, eles estavam mais revoltados que eu, e nem me acompanham. 

Ao longo da subida dezenas e dezenas da atletas vinham também enganados, comprovando que estava mesmo mal marcado. Não baixei os braços, acreditei e apliquei-me até ao fim. Fui recuperando lugares, passei por outros portugueses que nem acreditavam que eu estava ‘’ali’’. O Cristian claro que não se enganou, nem ele nem o grupo dele onde o Carlitos também estava. Sabia que tinha perdido à volta de 30min, mas havia que lutar. O último abastecimento marcava o início da parte cronometrada, isto é, daí até à meta, quem fizesse em menos tempo bonificava 5min. Eram cerca de 7km a em inclinações médias de 20% subir e 5 a descer em single-track com muita pedra e raízes. 

Consegui alcançar o Cristian pouco tempo depois de se ter iniciado a subida, isso significava que o Carlitos estava na frente. Tinha ainda pernas para aumentar um pouco o ritmo e colar no Carlitos que estava cerca de 1min à frente. Segui com ele algumas centenas de metros, mas como me sentia bem e o Carlitos estava com o ‘’cruise control’’ ligado, segui o meu ritmo. Nesta fase da prova começou a chover tornando as subidas ainda mais difíceis por falta de tracção. Muitas foram as partes que tínhamos de caminhar porque era simplesmente impossível pedalar e mesmo caminhar era um desafio! Cortei a meta com 3 min de avanço sobre o Cristian, tendo ganho 5min de bonificação. Foi inacreditável ter recuperado o tempo perdido com o engano e ainda ganhar a bonificação. O Carlitos chegou de seguida em 3º. O Tiago Silva desmoralizou com o engano, e completou a etapa em 11º. Ainda há mais 5 etapas Tiago, não baixes os braços!

O percurso

Enquanto não choveu foi tudo muito bonito, single-tacks alucinantes com precipícios de um lado e doutro…de loucos mesmo! Só espero que tenham chegado todos à meta, porque se alguém teve a infelicidade de cair, acho que nunca mais o vão encontrar. Paredes houve também com fartura sejam a subir ou a descer…hike a bike (empurra a bike) foi até ficarmos cheios…era com cada ‘’borda’’ que chegou a um ponto que eu até me ria sozinho…a organização também não facilitou, sempre que havia uma rampa lá íamos nós, mesmo que houvesse outro caminho ao lado! A descida para a meta era um single-track em forma de vala, com pedras, drops, raízes e arame farmado de um lado e de outro. Nem consigo imaginar uma queda aqui…dentro daquilo que sei fazer, fui arriscando, aquela adrenalina de estar no limite eu simplesmente adoro! Já a chegar à meta, havia um gancho com umas escadas impossíveis de descer montado, tive que sair da bike e a caminhar acabei por cair…escorreguei e fui com o traseiro ao soalho…não foi nada agradável diga-se de passagem! A meta era logo à frente, terminei a lanço, exausto, a tremer com frio e fartinho de andar de bicicleta. Por falar em bicicleta, como já devem ter reparado estou a usar a Vertex 990 RSL, roda 29'' portanto. Tem sido a loucura voltar a pedalar numa bicicleta hardtail e cada vez me surpreende o que consigo fazer nesta canadiana!

Com estas condições a organização cortou os últimos 10km por ser simplesmente impossível passar por lá, nem a pé! Deixo aqui algumas fotos do grupo do Francelino para vocês perceberem a gravidade da situação!

 


Etapa 3- Marradi - Tredozio 

A organização optou e bem por alterar a etapa. Terá entre 30 a 40km que serão feitos entre estadas secundárias, estradões e alguns single-tracks. A saída foi atrasada para o 12h, dando assim mais tempo para descansar depois do esforço titânico de hoje! Mais uma vez agradeço todo o vosso apoio em nome do grupo de tugas aqui presente!

Love the Ride!

 
 

20 comentários :

  1. Parabéns portugueti! Vc ta um monstrinho hein?! Boa prova amanha novamente! Love you

    ResponderEliminar
  2. Olha lá Amigo! Deixa-te de tretas e começa a pedalar a sério! :)))
    Gostei de ver que estás com vontade! Continua com essa força!
    Grande Abraço
    Paulo Crespo!

    ResponderEliminar
  3. Pedro Brito10:34 da tarde

    Parabéns joão,continua e muita sorte até ao final!

    ResponderEliminar
  4. ESSA LAMA ERA PESADOTA, but no worries mates, you guys r the best :D Salete

    ResponderEliminar
  5. Una guerra di nove giorni, due battaglie vinte ... il resto è necessario per i gladiatori lusitani ritornare in forza domani ...



    Baci Rocky a tutti :)

    ResponderEliminar
  6. Muito bem João, es mesmo o maior, outro qualquer teria baixado os braços no desvio mas tu ainda conseguiste ganhar, continua com toda essa força tu tens muito mais para dar, conto ver o premio erguido pelas tuas mãos
    pedro lourenço

    ResponderEliminar
  7. Parabéns João! tenho acompanhado praticamente todas e as tuas provas épicas e é sempre um prazer ler os teus relatos na 1ª pessoa ;) mais uma vez mostras de que és feito :) és um atleta puro-sangue :)

    ResponderEliminar
  8. Ah grande Campeão!
    Boa João! Excelente prova.
    Parabéns à comitiva de atletas Portugueses.
    Bora lá! O pódio é n(v)osso!
    José Rodrigues

    ResponderEliminar
  9. Parabéns João ;)
    Carlitos dá-lhe forte ;)
    Força para a comitiva tuga!

    ResponderEliminar
  10. Grande história...com uma recuperação incrível ;).

    Dá aí um abraço ao Carlitos.

    Fonseca.

    ResponderEliminar
  11. Continua assim Tuga!! Força nas pernas!! UM Abraço

    ResponderEliminar
  12. Força para todos e muitos parabéns :-))).
    Esperemos que o tempo melhore para poder disfrutar melhor dos percursos.
    Os tipos da organização, não têm nada online para podermos ir seguindo a prova. Felizmente que podemos seguir pelo teu blog :-)
    Beijinhos, Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ritinha...já estão online!!! :)

      http://www.rallydiromagnamtb.it/Inside.cfm?area=CLASSIFICHE_RALLY_2012&sezione=CLASSIFICHE_RALLY_2012

      Bjoka

      Eliminar
  13. depois da crónica ainda é mais extraordinária a tua vitória, parabéns e força até ao fim, boa sorte tbem para os restantes portugueses, lutem até ao fim...

    ResponderEliminar
  14. Parabéns!
    Enchem-me de orgulho ao ler uma crónica onde dia após dia os nossos tugas brilham!
    Força aí pessoal estamos convosco!
    Carlitos para ti aquele abraço!

    ResponderEliminar
  15. Depois do teu "engano" e das várias circunstâncias que relatas-te ainda teres chegado nos primeiros! Demonstra uma grande força... muitos parabéns e continua.

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Força. são estes momentos que depois dão mais sabor á vitória :) Ah e diz ao Francelinho que colar lama na bike não dá desculpas hehehe !!! só para a foto hehehe

    ResponderEliminar
  17. o loko!
    Que barro é esse?!?!?!

    Nunca vi um negocio assim

    Mandou bem, parabens!!

    ResponderEliminar
  18. Muita força que aqui vai de Lisboa, João e Tiago estão um Espectáculo !!

    ResponderEliminar

João Marinho
Mountain biker, trail runner & adventure sports addict