sábado, dezembro 22, 2012

S. Silvestre de Vila Real

Se no domingo passado tinha conseguido fazer o tempo de 35.36min no percurso da S. Silvestre do Porto, o objectivo de ontem era baixar esse tempo. Não conhecia o percurso, era a primeira vez que ia correr em Vila Real, mas pelo que me tinham dito, seria bem complicado. Não desanimei e encarei a prova motivado que poderia conseguir.


Integrado na equipa da Associação Desportiva de Amarante (A.D.A) integrei o grupo de atletas da secção de atletismo e da jovem secção de Trail Run. Ao todo estávamos 11 corredores que representavam as cores desta nobre associação Amarantina. Vários deles estreavam-se neste tipo de prova e um deles era a primeira vez que iria correr uma prova de atletismo!


A ''gama'' de idades dentro do grupo era alargada, assim como a experiência em corrida. A titulo de exemplo, o Sr. António já participou em mais de 220 meias maratonas, diversas maratonas e para não mencionar corridas tipo esta. Ambos os sexos representados pois claro. O grupo era bastante ecléctico e sem duvida que foi uma experiência enriquecedora esta ''noitada'' de corrida.



Falando da corrida, imaginem bem, começamos a correr às 22h! O nosso horário biológico altera-se um pouco porque as refeições obrigatoriamente mudam e a estas horas o normalmente o organismo está em repouso. Foram várias as estratégias dentro do grupo, houve quem almoçasse\lanchasse\jantasse ''normalmente'', eu optei por reforçar o lanche.


Os frontais foram levantados no quartel do exercito de Vila Real. Fomos recebidos à boa maneira militar, batendo a pala e com um vocabulário característico. Foi um processo rápido e resta-me agradecer a simpatia da organização que me forneceu os tão ''repetidamente esquecidos'' alfinetes. De salutar a cooperação dos miliatares na realização desta prova, além de ''cederem'' o seu quartel, viam-se por toda a cidade ora colaborando, ora simplesmente assistindo!



A partida foi dada a horas da entrada do quartel, para aquecer uma longa e inclinada subida que deu logo para levar as ''rotações'' ao limite. Depressa percebi que o ritmo que o grupo da frente impunha não era o meu, abrandei um pouco e tentei encontrar o meu ritmo. O corpo tardava a responder e quando respondeu foi com a ''vulgar dor de burro''. Tive de abrandar um pouco mais e aguardar.
O percurso caracterizava-se por duas voltas e meia a um circuito de aproximadamente 5km. Ou seja, depois da primeira volta já saberíamos o que nos esperava. Pessoalmente não sou muito apologista deste esquema, mas claro que a cidade de Vila Real e a própria organização tem os seus constrangimentos.



Ao fim de volta e meia o meu corpo decidiu acordar e consegui impor um ritmo razoável. Acompanhei o colega de equipa Manuel Cardoso durante um bom período. Infelizmente sofreu uma queda aparatosa mesmo à minha frente, felizmente sem consequências. Correr no paralelo molhado tem destas coisas.

Ia olhando para o Suunto e fazendo contas...ainda estamos bastante longe da meta e pelos cálculos não ia dar os 10km, ia dar mais! O Carlos ''Bicicar'' que estava a assistir esclamou '' João, quase quase a bater o teu record'', pois, pelo andar da carruagem ao longo da prova dificilmente conseguiria. 
Quando cortei o pórtico de meta, a distância percorrida era de 10,77km!

Os dados do Suunto foram:

Distância percorrida: 10.77km
Tempo decorrido : 39.07min
Velocidade média : 16.52km\h
Velocidade máxima: 23.76km\h
Acumulado de Subida : 126m
Acumulado de Descida: 159m
Batimento cardíaco médio: 171bpm
Batimento cardíaco máximo: 181bpm


Comparando com a S. Silvestre do Porto, nota-se que o batimento médio e máximo foram superiores o que traduz bem o meu sofrimento em encontrar e manter um ritmo ontem. Mas está feito, há que pensar na próxima!

Resta-me agradecer a todo o grupo da ADA, em especial à simpática Elisabete e ao ''jovem'' Sr. António. Aos elementos da ADA Trail Running Team : Jorge, Rochinha, Sónia e ao Valter (meu sobrinho) que pagou todos os pecados nesta prova.

6 comentários :

  1. Continuas a testar as tuas capacidades, a descobrir os teus limites, a conquistar amizade, respeito e admiração, a semear simpatia com esse sorriso de puto reguila!

    Gosto de ti, miúdo!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Navegante! Forte abraço e também gosto muito de si!

      Eliminar
  2. Valter Marinho2:34 da tarde

    Sem duvida Joao. Sem qualquer tipo de treino lancei-me ao desafio, e apesar do empeno adorei a experiencia e após esta s. silvestre tenho uma certeza: vou voltar a repetir :) para maluco, maluco e meio:)
    foi bom ter feito os 10 primeiros metros atrás de ti e ver-te desaparecer pelo meio da multidão naquela subida. looool ainda tive para te atirar a corda mas tive medo de falhar loooool

    Obrigado tio.

    Marinho's power :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já temos outra em vista no dia 29. Vais te sentir melhor de certeza. No que puder ajudar. podes contar comigo sobrinho! Um abraço

      Eliminar
  3. Muito legal! Agora que tá viciado nem quero ver o que vem por ai em 2013!
    love you!

    ResponderEliminar

João Marinho
Mountain biker, trail runner & adventure sports addict