segunda-feira, agosto 08, 2011

Sra. da Graça

O monte Farinha é uma montanha do distrito de Vila Real, com uma altitude de 947 metros. No seu topo, conhecido como Alto da Senhora da Graça, localiza-se o Santuário de Nossa Senhora da Graça, e a vila de Mondim de Basto situa-se no seu sopé. Dizem que em dias limpos se vê este monte desde a costa de Vila do Conde - Póvoa de Varzim, existindo até um culto local dos pescadores que se salvaram ao usar este monte como ponto de referência.


A ascensão ao Alto da Senhora da Graça, por uma estrada com inclinações até 12%, é famosa pela habitual presença na Volta a Portugal em Bicicleta. No alto da subida a vista privilegiada e espectacular para uma imensa área que contempla as serra acima do Douro: Serra do Marão, Alvão, Aboboreira, Gerês, Cabreira, Viso...o nosso olhar perde-se no horizonte.



No dia da Volta, ano após ano cumpre-se uma tradição que é a ida à Sra. da Graça. Desde o ano 2000 me incutiram este ritual que faço questão de manter. Seja em grupo ou a solo (como aconteceu este ano), em bicicleta de estrada ou de montanha, o importante é subir esta mitica subida.



É a festa do povo, apreciadores ou não de ciclismo, a diversão está garantida. Muita gente vem no dia anterior e acampa na berma da subida. Algumas barracas chegam a ter electricidade, frigorífico, televisão, internet...e a maquina dos finos! Muitos pintam o nome dos ciclistas porque quem torcem, sejam eles familiares, amigos, ou conhecidos da terra. Largas dezenas de metros de asfalto mudam de cor para dar uma força extra aos ciclistas.



São também construídas autenticas ''obras de arte'' ao longo da subida fruto da imaginação fértil e de outras coisas que por lá se bebem...


 
 
Muitos quando chega a hora de ver os ciclistas a passar, estão de tal maneira ''cansados'' que acabam por nem sequer os ver. Isso acaba por não importar, o mais importante é a festa que lá se faz antes, porque os breves momentos que passam os ciclistas, são tão breves que nem se dá por ela. Quando vamos a ver, já terminou a etapa.



Existem vários grupos de ciclismo\BTT a rumarem à Sra. da Graça neste dia, vindos de perto ou de longe. De Amarante os BTTâmega costumam fazer grande parte do percurso entre Amarante e Mondim de Basto por trilhos. Eu já o fiz muitas vezes, desde grupos pequenos a grandes massas humanas que fazem o transito parar...



Agora resta esperar pela edição de 2012 para voltar a evasão ao Monte Farinha! Se ainda não viveram esta experiência de perto, marquem na vossa agenda do próximo ano...valerá a pena!

Love the Ride!

Nota. As fotos utilizadas são não só deste ano como de anos anteriores que fui arquivando.

5 comentários :

  1. Esses relatos me deixam cada dia mais tentada. Aff!
    Falta pouco.

    ResponderEliminar
  2. Sra rocambole1:18 da manhã

    faço minhas as palavras da Raquel!

    ResponderEliminar
  3. Não há dois sem três concordo com a Raquel.Que vontade de agarrar na bike
    e subir a Senhora da Graça.Abraços

    ResponderEliminar
  4. E com muita pena minha, este ano foi o 1º em que não mantive essa tradição :(

    Foi pena pois adoro esse abiente do dia!!!

    ResponderEliminar
  5. Alguem pode me dar a morada ?
    Como se vai para ai ?

    ResponderEliminar

João Marinho
Mountain biker, trail runner & adventure sports addict