domingo, março 24, 2013

Trilho Super Fraquinhos + Famalicão Challenge

Descrever este fim de semana em palavras é muito complico. Foi intenso a vários níveis, amigos, bicicletas, desporto, paisagens, viagens...Vamos por partes. 

NGPS - Trilho Super Fraquinhos - Amares

Eram 06.00h da manhã de Sábado e o despertador começa a tocar. Ainda pouco convencido de que tinha sair da cama, recebo uma mensagem ''já viste como chove?, eu assim não vou'' Eu vou à janela e não está a chover. Eu respondi, ''eu vou na mesma, mas aqui não está a chover''. Pequeno almoço tomado à pressa e siga para Amares para a 2ª etapa do circuito NGPS, desta feita, organizada pelos Super Fraquinhos. Falando do percurso, de fraquinho não tinha nada! Paisagens arrebatadoras com a Serra do Gerês e a Serra da Cabreira como pano de fundo, trilhos técnicos, subidas exigentes, singletracks alucinantes. Do melhor! Foram quase 80km feitos em autonomia, seguindo o trilho no GPS, companhia de amigos, sem o stress da competição. Se tínhamos de parar. parávamos, tiramos fotografia, ajudávamos outros participantes. O João Silva parou 11 vezes para urinar e bateu o record pessoal! 

O S. Pedro abençoou o passeio e apenas apanhamos chuva durante uns minutos no Campo do Gerês. Optamos por parar, consultar a meteorologia e esperamos que a chuva passasse. 
Como disse, o passeio realiza-se em autonomia, mas mesmo assim a organizou caprichou com bolas de berlim sencivekmente a meio do percurso...souberam pela vida. No final tivemos outra surpresa, um recuperador...ou melhor, uma bifana e a Coca-Cola. Até estalou!

Os Super Fraquinhos estão de parabéns. Percurso impecável!


Famalicão Challenge

No domingo abandonamos a pacatez de um passeio, para alinhar no Famalicão Bike Challenge. Uma noite mal dormida devido a compromissos sociais com uma hidratação à base de sangria e bolo de com massa de brigadeiro
 
Se no sábado tinha custado sair da cama, no domingo triplicou a resistência e ainda por cima com a chova a cair impiedosamente...mas missão dada é missão cumprida, siga! 
Fiz a prova em dupla com o Luís, que supostamente não estava a andar ''grande coisa'' como ele humildemente diz. Só lhe disse, ''na boa, vamos para curtir e chafurdar na lama''. Assim foi!
Os 53km feitos imersos em lama, foram como uma ida ao spa para fazer um tratamento à pele. Acabamos irreconhecíveis mas com um sorriso de orelha a orelha.  Competir com o Luis será certamente uma experiência a repetir para breve. Obrigado pela companhia!
O meu irmão também participou, até ai nada de mais. Mas conhecendo como se conhece a sua aversão à chuva e aos pés molhados, esta decisão surpreendeu-me. No final frisou que não molhou os pés, não sei como conseguiu, mas só por isso está de parabéns! 
A recuperação ''activa'' fez-se no Mac mais próximo...era ver a quantidade de participantes que ali ''recuperavam''...Por falar em comida, eu ando com uns hábitos esquisitos, mas deliciosos...

3 comentários :

João Marinho
Mountain biker, trail runner & adventure sports addict