quinta-feira, junho 03, 2010

TransGermany 2010 Dia 1 & 2

Olá a todos,

Ontem não consegui enviar o relato do dia por motivos vários. Depois de uma etapa super desgastante onde comecei a sentir sinais óbvios de mau estar. 
O frio fez-nos passar muito mal, temperaturas abaixo de zero e associado a isso longas subidas e longas descidas que nos congelaram até ao osso. Estamos em Junho, quase no verão e ninguém contava com esta intempérie que complicou imenso a vida não só à organização mas como a todos os atletas que se viram obrigados a comprar roupa para fazer face às temperaturas negativas. As montanhas por onde a prova passa, ainda tem muita neve e não é só no cume, mas sim até bem junto onde a prova passa.


O cenário tem tanto de belo como de extremo, pois todo o percurso está enlameado, os rios tem caudais que fazem com que a bicicleta fique submersa e tudo isto acentua o desgaste quer dos atletas quer das suas bicicletas. Felizmente que as nossas Rocky Mountain tem sobrevivido ao tratamento que lhe temos dado.


O segundo dia começou com nós os três a queixarem-se de dores de estômago. Eu não tive nem sequer coragem de tomar o pequeno almoço. Estava completamente desidratado da diarreia, não tinha forças para me levantar da cama e por isso deixei-me estar até bem perto da hora da partida.

Com muito esforço fiz a minha mala e desloquei-me para a zona da partida, comi uma barra a custo e previa que seria muito complicado completar a etapa. 

Incrivelmente o corpo estava a responder aos meus desejos e durante os primeiros kms ultrapassei dezenas e dezenas de atletas até chegar a um grande grupo que perseguia o grupo da frente. Na ultima subida do dia, a energia esgotou. Estava no Km 55 dos 75 que compunham a etapa. Nesses últimos 20km fui ultrapassado por toda a gente que me alcançava. Não tinha força para reagir e apenas pedia que a meta fosse próximo.


Assim que cheguei a Pfronten completamente exausto, tinha levado o corpo ào limite e o resultado foi gripe, febre, arrepios de frio e a juntar isso a diarreia e dores de estômago.

Apenas pensava em descansar, mas é sempre necessário realizar as tarefas diárias e felizmente que tenho a companhia do Zé e da Luciana.


Espero que amanhã nos corra melhor e que previsão meteorológica falhe porque novamente nos brinda com frio, neve, chuva e trovoada.

Resta dizer que são 55km e 2740m de acumulado de subidas!!!

Até amanhã! 

Sem comentários :

Publicar um comentário

João Marinho
Mountain biker, trail runner & adventure sports addict